” Quando tinha 8 ou 9 anos, lembro-me de ter pedido aos meus pais para fazer o registo fotográfico de umas férias passadas no Algarve em família…”

A fotografia de publicidade, de produto e o retrato têm sido os géneros de fotografia a que Pedro Dias tem dedicado o seu tempo e a sua arte enquanto fotógrafo profissional. Criativo e autodidata, Pedro Dias deu os seus primeiros passos fotográficos com uma Canon analógica, totalmente automática, que era da mãe.

Teve a sua primeira máquina compacta aos 13 anos, mais tarde, obteve uma DSLR, em que a grande novidade para ele era poder trocar de lentes e ter mais controlo sobre a câmara.
Nascido em Lisboa, em 1992, Pedro Dias manifestou desde muito cedo um interesse sério pela fotografia e, por conselho de uma professora do liceu, enveredou por um curso de multimédia com uma forte componente em fotografia e vídeo. Ao longo dos anos, foi reforçando esses conhecimentos com a frequência em vários cursos de formação e trabalhando ao lado de vários fotógrafos que observava com admiração. Um dos profissionais que mais o inspira é Karl Taylor, pela mestria com que este controla a luz nos seus trabalhos, o que lhes confere uma emoção muito própria.

Em 2011 foi convidado para liderar o projeto fotográfico da Feel Woman, uma iniciativa dedicada às mulheres que percorreu vários centros comerciais por todo o país.

O seu percurso levou-o a colaborar com várias empresas como a António Maçanita Winemaker (FitaPreta Vinho, Maçanita Vinhos, Azores Wine Company), Penhalta, AVA Clinic, Quinta Alta, Imacustica, Edenly, Atelier Jaqueline Roxo e Idea Can (Polícia de Segurança Pública, Exército Português, Companhia das Lezírias e Kanimambo), tendo feito capas e ilustrado artigos das revistas Hi-Fi News, Hi-Fi Plus e Audiopt.